Neyde Noronha

//neydenoronha-letrasartes.blogspot.com/. Neste mundo da poesia, ganhei amigos e admiradores e estou aqui vizando mostrar mais um pouco deste dom infinito que é descrever os meus sentimentos. - nor@oi.com.br

Neyde Noronha - Nasci na cidade de Niterói, onde vivo até hoje. Aqui me formei professora pedagógica mas optei pela profissão de artista plástica, onde atuo com mais frequencia, até hoje. Iniciei o meu percurso com poeta, desde que escrevi o meu primeiro poema, intitulado 'Passos', em 1978 Tenho imensa satisfação de ter encontrado no comvívio entre grupos de poesia, a minha vocação para as letras, e nelas deixar o meu registro com entusiasmo e muito amor. Frequentei diversos deles, fundei dois deles o 'Redescobrir Arte & Poesia', além do ' Letras& Artes' sitiados no Yahoo, e a seguir outro site pessoal, onde mostro a maioria das minhas poesias, dos meus amigos,os prêmios que recebo além dos amigos que homenageio- É o http://www.neydenoronha.com . Hoje me diversifico através dos blog, onde mostro de forma informal http://neydenoronha-letrasartes.blogspot.com/. Neste mundo da poesia, ganhei amigos e admiradores e estou aqui vizando mostrar mais um pouco deste dom infinito que é descrever os meus sentimentos. - nor@oi.com.br

A Beleza do Momento
Neyde Noronha

Nossas vidas se modificam
Em ciclos, onde os nossos olham brilham mais
Exaltando a felicidade interior
A beleza do momento
O instante feliz

Vida, que te quero Viva
Onde tudo se faz e se destaca
Perdemos ou ganhamos
De uma forma ou de outra
A beleza se ganha,nunca se perde

Segura e bonita
A beleza tem nome próprio
Se veste de caridade
Se entrega de amor
Aquele que amaé belo

Quem se deixa amar
Brilha, em qualquer idade
Concorda com o explêndido
Se conduz a imortalidade

A beleza não está apenas na estética
A autenticidade da alma
Impregna-se com seus adornos
Envolvida em luz
Serenidade e paz

*****

Te matei em mim

Não li os jornais de hoje.
E, sei o que ontem aconteceu.
Idéias e ideais sempre tivestes.
Deixaste- me fazer o que fiz.
E o que desejastes…

Não enlouquecí ainda.
Orei por ti,
Roguei por nós,
Oremos em luto todos juntos, depois…
Não omitirei a verdade.

Haveria de mentir?
Amor desfeito é tudo isto.

Te matei em mim…

*****

Cores para dizer que te amo
[Neyde Noronha]

Encontrei no azul a cor dos seus olhos

Tintas que se misturam como nós em nossos lençóis, quanto os nossos corpos se entrelaçam.

A serenidade e a paz estão descritas na cor luminosa do carmim, envolvida com um pouco de violeta e ao mesmo tempo de amarelo limão e branca . 

Dentro de um círculo, a cor verde me fala de esperança, sentimento de quando pintava 

– É o Amor.

Mas a esperança dentro de um círculo se mostra presa a uma dúvida qualquer. Azul-cobalto com um pouco de turquesa e cerúlea se encontraram com a branca.”

Assim como nós nos encontramos nos nossos sonhos”. 

Círculos e mais círculos, se jogam como os infantes- Lembra a criança conhecendo o seu corpo, o seu sexo.

Os adultos desenham um círculo como forma da concretização do que sentem – O prazer.

O Artista, sugere um quadrado informal azul celeste que me faz lembrar, mais uma vez, a cor dos seus
olhos.

Procuro uma foto sua, mas a sua ausência me cala, procuro a música como companheira, a pintura, também.

Sempre sonhar com o dia de amanhã e uma promessa feita a mim.

De Konning, o Artista- Suas obras conheço algumas, são inovadoras aquelas que vi.

Gosto tanto delas como gosto de mim, porque são coloridas. 

Nas palavras tento criar para te dizer alguma coisa, e dizer que te amo.

Porque só consigo criar quando estou amando ou sofrendo.

Pós- Sofrimento nada faço a não ser deixar passar o tempo para esquecer.

Nesta pequena pausa vou descansar

Para amanhã voltar a pensar em ti.

Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: