POETAS DAS ALAGOAS: Valderez de Barros

Tempo de Solidão

Valderez de Barros

 

 

Valderez de Barros, nasci em Paulo Jacinto, Alagoas, em 31/07/1937.Fiz o curso superior de Educação Artistica, com opção por Música, no CESMAC.Tenho dois poemas editados no livro "A Poesia das Alagoas", uma obra que reuniu vários poetas alagoanos.Meus escritos estão postados no "Recanto das Letras", no meu blog "Gritos de Minha Alma" e no "Movimento da Palavra", um blog fundado há pouco tempo por um grupo de poetas alagoanos, entre os quais eu estou.

Sou: Valderez de Barros, nasci em Paulo Jacinto, Alagoas, em 31/07/1937.Fiz o curso superior de Educação Artística, com opção por Música, no CESMAC.Tenho dois poemas editados no livro

Vejo o tempo passar por mim,

 

implacável, em seu caminhar,

deixando, sem se importar, suas marcas,

que, pouco a pouco,

mais e mais se acentuam…

 

E eu fico a pensar…

Por que meu coração teima em permanecer jovem,

irrequieto, indiferente ao tempo…?

Se me olho no espelho, vejo a sua passagem…

mas, bem dentro de mim,

é como se ele tivesse parado no esplendor da primavera,

ou no calor gostoso do verão…

 

Mas, muitas vezes, também,

na solidão da minha intimidade,

sinto que o inverno não tarda, com seu frio enregelante…

Estremeço na base… procuro nele não pensar,

porque me deprime a alma e me lembra que estarei só,

quando ele se aproximar…

 

Mas, como eu gostaria que estivesses

juntinho ao meu coração…!

E que os nossos corpos cansados,

tivessem um ao outro para aquecer,

nos últimos invernos que virão…!

 

* * * * *

Maceió / 1985

Publicado no Recanto das Letras em 13/02/2007

Código do texto: T380166

Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: