NOVOS POETAS – EdimoGinot [Curitiba-PR]

Sono Dos Justos

por EdimoGinot

quisera eu 
ter o sono dos justos 
sem culpas, sem sustos 
dormir e sonhar 

quisera eu 
engrenar esperanças 
e como as crianças 
aprender a andar 

quisera eu 
voltar no tempo e espaço 
esquecer meu cansaço 
e aprender a amar 

quisera eu 
não ser mais poeta 
andar numa reta 
e não mais divagar

————————————————————————————

extraído de: http://www.overmundo.com.br/banco/sono-dos-justos

One Comment

  1. Posted 5 agosto, 2009 at 10:17 pm | Permalink

    Brilhante lirismo.
    Saudo-te poeta!


Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: