NOVOS POETAS – Maria… [Blumenau – SC]

O Grito Que Na Garganta Secou

Maria…

A face vê a lágrima rolar 

quando a alma precisa exprimir 

o que as palavras 

não conseguem expressar.


Desce mansa, quente, quieta, calada, 

ou destrambelhada, em profusão.

Dizendo da tristeza que sente, 

ou da alegria que fere, 

as entranhas do coração…


A lágrima que rola faz cicatrizes, 

mapas que deixam um caminho, 

laivos a serem decifrados, 

estradas de flores e espinhos… 


Que contam de um sentimento, 

falam de tantos momentos, 

onde a emoção transbordou…


Da alma a assinatura de um juramento, 

da tristeza o som do lamento, 

da alegria o grito 

que na garganta secou…

————————————————————————————

Obra original disponível em:

http://www.overmundo.com.br/banco/o-grito-que-na-garganta-secou

One Comment

  1. maria aparecida
    Posted 23 fevereiro, 2010 at 8:12 am | Permalink

    Bom dia

    Estou fazendo um projeto de um ESPAÇO CULTURAL DA POESIA, e não poderia deixar de fazer uma pergunta aos poetas de Curitiba. Seria possivel me responder o que seria de maior importancia que tivesse neste espaço para estes poetas?

    Seria possivel enviar esta pergunta para algum poeta e que me mandasse com a maior urgencia pois preciso fechar o projeto e preciso desta informação.

    Agradeço antecipadamente a atenção e espero anciosa pela resposta.

    Maria Aparecida


Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: